O Mundo é Grande demais, Para você ir Sozinho!

Relato - Pedra da Mina - Via Paiolinho

Fotografia: João Siqueira
Dia 26/03/2016 - Chegamos 04:10 da madruga na rodoviária, praticamente só a gente na cidade.
Não tinha táxi, não tinha nada. Fomos andando uns 5Km ate a entrada do Paiolinho.
Lanternas nas cabeças e mãos. Estrada escura.
Chegamos aproximadamente umas 04:50 na entrada do Paiolinho, como não contratamos resgaste e nada, e a ideia era subir a pé.
Pensem numa subida sem fim.....o dia amanheceu e não estávamos na metade da estrada... barro, lama, água,  Lindas cachoeiras, rios, uma beleza sem tamanho.
Aproximadamente 09:30 chegamos no final da estrada,  ma fazenda serra fina.
Começamos a trilha umas 10:00, perneira nos pés, todos comemos e nos colocamos a subir.
Mais subida, subida que não para mais.
Passamos o primeiro ponto de água.... e depois chegamos ao segundo ponto de água, onde tínhamos que atravessar o rio, sobre a pedras... travei.. porque eu morro de medo de atravessar água assim. Na volta pedi pro João gravar, vocês vão ver me Medo no Vídeo.
Passamos o rio.. e continuamos....
Subida na pedra da Mina não tem dó de você não. Não acaba nunca.
Pelo caminhos encontramos outros grupos que acamparam lá na noite anterior, e ficaram espantados conosco, pois eles não conseguiram subir até o ponto que a gente tinha conseguindo, mesmo a gente tendo  feito trilha no dia anterior, e tendo subido a estrada do Paiolinho. Eles subiram de jipe e tal, acamparam por lá e não conseguiram subir, na altura que conseguimos.
Subimos...
chegamos no terceiro ponto de água... paramos um pouco e de repente a mata se mexeu, o Franco que estava com um facão na mão logo veio pra nossa direção e disse: " tem algo na Mata"...
Eram duas pessoas que estavam subindo a milhão.... conversamos um pouco com eles, e logo eles sumiram na nossa frente.
Desse terceiro ponto de água, tem um local que cabem duas barracas pra acampar de boa, subimos quase 40 minutos ainda... o tempo fechou, ouvimos trovões.. e resolvamos abortar dali.
Começamos a descida umas 13:30 aproximadamente.
Acabamos a descida umas 15:30, e passamos pelos grupos que tínhamos encontrando pelo caminho, eles ainda estavam descendo.
Comemos mais alguma coisa, e começamos a descida sofrida do Paoilinho, se foi tenso subir, descer então... os corpos todos doíam... bolhas nos pés.. costas zoada pelo peso da mochila....
aquela descida parecia não ter fim,
começamos aproximadamente 15:30 e acabamos a descida  19:10.
Andamos os últimos quilômetros restante de estrada e paramos no primeiro lugar que encontramos para comer. Fomos super bem recebidos e ficamos super satisfeitos com o atendimento.
Ás 21:00 estávamos na rodoviária, e lá ficamos ate 01:30 esperando nosso busão de volta para São Paulo.
Dia 27/03/2016 - Chegamos no Tietê às 05:30 da matina.
Foi intenso, incrível, passageiro.
As montanhas realmente só deixam subir quem ela querem.
Importante não é alcançar o cume. Importante é fazer tudo com segurança. O Cume você fica só um tempo. Já a trilha é onde você passa a maior parte do tempo com seus amigos. Portanto cuidado e sempre.

Dia 16/04/2016, voltarei lá.

Vejam Abaixo em sequencia, os vídeo da expedição em um único dia à Pedra da Mina, subindo todo Paiolinho a pé:

Subindo o Paiolinho:






Trilha Pedra da Mina:





Descendo o Paiolinho:



Compartilhe:

Inscreva-se em Nosso Canal

WHATSAPP: (11) 971811084

WHATSAPP: (11) 971811084

Menu

Arquivo

Total de visualizações de página