O Mundo é Grande demais, Para você ir Sozinho!

O Mar que Nunca Chega

Turma no Trevo da Petrobrás
Seria possível um grupo de 14 pessoas, todos bem preparados, conseguir realizar uma caminhada de 86Km, em menos de 24 horas, enfrentando 2279 de subida acumulada e
3084 de descida acumulada?
Com um histórico já considerável: Caminho do Sal, que são 53Km, realizado em 12 horas, Travessia de Salesópolis que são 52,9Km realizado em 11:25 e a Estrada da Petrobrás com os seus 75Km, realizada em 18:40 cujo relato já postei aqui no site, resolvemos agora aumentar a quilometragem e encarar um desafio ainda maior. Realizar a travessia de Salesópolis até São Sebastião, via Estrada da Petrobrás e a Estrada da Limeira.
Sábado, dia 26/11, nos encontramos na Estação de Mogi das Cruzes, linha 11 coral da cptm, 11:00. Nossa concentração aconteceu ali mesmo, onde batemos um breve papo e nos dirigimos ao ponto de ônibus que fica Há duas quadras das estação, afim de pegar o Ônibus com destino a Salesópolis ( 311 ). às 11:30, dez minutos antes do horário previsto, o  busão aparece, embarcamos todos com certa lentidão, visto que a cobradora não tinha troco para todos e demorávamos para passar ali na catraca.
O sol já estava perto dos seus 26º graus, quando às 13:15 desembarcamos no último ponto, mas precisamente no trevo da Petrobrás, um modesto Bar ao lado do ponto, nós fez comprar mais líquidos, pois parecia que a tarde prometia muito sol. Começamos a caminhada pontualmente às 13:30, todos juntos, orientados, caminhando rumos à um único objetivo. Vencer o que até o momento ninguém se arriscou a fazer a pé em apenas vinte e quatro horas. Seria possível? Será que alguém desistiria no meio do caminho?
Às conversas sobre os mais diversos assuntos surgiam e todos caminhavam com tranquilidade. Adotamos uma postura de realizar pequenas pausas a cada 10Km percorridos, assim que os primeiros foram vencidos, uma curta pausa para lanche foi feito, logo após a bifurcação que indica o litoral, você poderá observar uma placa no poste com a indicação. Já no KM 30, a pausa foi um pouco mais prolongada, pois já eram 20:00 e todos famintos, desejavam uma melhor refeição. Nosso amigo Felipe Franco sacou de sua cargueira o fogareiro e fez meia dúzia de ovos mexidos com manteiga, que colocamos em nossos lanches ou foram saboreados na própria panela.  Ovos esses que foram comprados perto do KM 20, onde o Bar do Luis, nos deu as boas vindas e foi possível realizar a comprar desses e de outras bebidas para refrescar. Um pouco mais à frente uma singela mercearia foi nosso PitStop para recarga de água gelada, os donos muito simpáticos nos ofereceram água gelada. Quando falamos qual o nosso destino, nos desejaram boa sorte. Fica aqui nossos agradecimentos à essa água geladíssima que agradou a quem pegou.
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e noite
Fábio firme e forte na caminhada
Já eram 23:00, a neblina tomava conta de toda a estrada, o céu não mostrava estrelas, nossa caminhada mostrava uma noite silenciosa, tomada por animais que se escondiam entre a mata, por um céu escuro e por passos calados de nossos amigos que nessa altura da caminhada já ultrapassavam os 40Km percorridos. Nesse ponto alcançamos a Petrobrás, para nossa salvação, pois sabíamos que ali tinha um ponto de água e foi nesse local que tínhamos planejado repor toda nossa água que já estava no fim. O Mar que nunca chega, parecia realmente que não tinha fim.
O relógio não para, marcou 01:00 da manhã, 03:00, 05:00 e quando finalmente às 07:00 do dia 27, sim, já nos encontrávamos no domingo caminhando sem parar, a Estrada da Limeira, nosso maior desafio era alcançada.
Foi percorrido ate aquele momento 58Km da Estrada da Petrobrás, que quem já fez, conhece muito bem suas longa subidas em direção à Caraguatatuba. A Estrada da Limeira possui uma dimensão total de 26KM de uma estrada muito irregular com pedras enormes soltas e subidas que fazem inveja a qualquer montanha da mantiqueira.  Pois mal começamos a subida da Limeira e uma longa e cansativa rampa de paralelepípedo se mostrou feroz e desafiadora. Nenhuma subida da Estrada da Petrobrás, pode se comparada a essa nossa primeira impressão que tivemos da Estrada. Quanto mais andávamos, mais parece que a estrada ficava longe, pois os quilômetros não passavam com tanta agilizada como anteriormente. O sol já mostrava seus primeiros raios e o grupo começava a apresentar os primeiros sinais de cansaço. Às 10:00 daquele domingo, fizemos uma parada no KM 21 para repor às energias. Porém mal sabíamos o que nos aguardava.
A imagem pode conter: planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza
Estrada da Limeira
"Com muita descontração e companheirismo iniciamos na Estrada da Petrobrás que deu término na Estrada da Limeira, onde para todos era um ponto desconhecido até então. E foi aí que começaram os desafios.
Subidas íngremes, descidas surpreendentes por uma trilha intransitável devido ao terreno completamente desnivelado e com grande quantidade de pedras grandes e soltas que não permitiam ter uma boa estabilidade na caminhada. Na cabeça de cada um passava a pergunta: Será que consigo?" Palavras da Anair
A estrada da Limeira, pode ser considerada como a parte mais difícil do desafio, pois são muitas subidas e muitas descida que forçam os joelhos dos mais experientes treckkers. Incrivelmente estávamos caminhando para a Praia de São Sebastião e às subidas não paravam de aparecer em nossa frente. A descida final só aconteceu no Km 3, onde vc desce ininterruptamente ate alcançar a rua Dário Leite Carrijó, onde nossa companheira Raquel nos aguardava com a Van. Pegamos a Van e fomos até a Praia Preta, por ser de qualidade melhor e ali o mar finalmente chegou, a Raquel nos preparou um delicioso banquete e todos deram um pulo no Mar para comemorar o desafio.
A Travessia do Mar que Nunca chega, foi realizada em 24 horas e 30 minutos. Foram percorridos 86Km com muita elevação e muita descida.
Foi uma mistura de emoção e sensações únicas. A vitória conquistada, o desafio vencido, às lágrimas dos companheiros durante o trajeto, a euforia, o suor que percorria o corpo, tudo se misturava e já não tínhamos mais palavras para expressar a proeza realizada.
A imagem pode conter: 5 pessoas, montanha, oceano, céu, atividades ao ar livre, natureza e água
O Mar que nunca Chega, Chegou!
Sem vocês não sou ninguém, sem vocês não posso nada. Somente junto com todos que os desafios podem se vencidos, que as batalhas podem ser travadas, que os caminhos podem ser percorridos. Deixo aqui os meus agradecimentos aos amigos, irmãos, família que acreditaram que a minha insanidade era possível de ser realizada, que eles podiam realizar essa caminhada por acreditarem em sí próprios, por não duvidarem daquilo que está dentro de cada um, por terem confiança, por superarem um desafio tão louco que deu a cada um uma emoção. Obrigado à todos.
Compartilhe:

Inscreva-se em Nosso Canal

WHATSAPP: (11) 98736-3307

WHATSAPP: (11) 98736-3307

Menu

Arquivo

Total de visualizações de página